Fazendo Deus sorrir


Por Jacqueline Collodo Gomes

Sentado à entrada de uma loja, triste, debruçado sobre os joelhos, estava o pequeno menino, com um grande dilema dentro de si.
Uma moça que ia entrando na loja ficou comovida e preocupada com a criança. Deu um passo atrás e sentou ao seu lado no degrau. Olhou-o um pouco, e notando que estava submerso em pensamentos aflitos, arriscou perguntar: - O que foi? Por que está tão triste assim?
O menino a olhou de relance e baixou novamente a cabeça, com um suspiro desanimado.
- Eu estava procurando um presente muito especial para dar a Deus.
Ela ficou surpresa com a declaração do menino, e continuou a escutá-lo, só que agora com muito mais interesse.Apontando para os prédios ao redor, ele continuou: - Eu andei por todas essas lojas procurando algo que O fizesse feliz. Aí passei numa loja onde estava tocando uma música muito bonita, e fiquei escutando. A música dizia:

"O que eu darei para Aquele que tem tudo?". Então eu pensei: "Isso é verdade! O universo todo pertence a Deus." Não tem mais nada que eu possa dar de presente pra Ele!
A moça sorriu emocionada diante do gesto tocante daquela criança. Um menino tão pequeno buscando um presente para Deus. Um menino tão pequeno se importando com Aquele que se importou com toda a humanidade, desde o início dos tempos.
E por ser assim tão pequeno, não podia entender que seu dilema não era dilema nenhum. Há muito já estava resolvido.
Segurando as lágrimas, ela falou com carinho:
- Você já lhe deu o melhor presente!
O menino se virou para ela sem entender nada.
- O quê? - quis saber.
- A sua intenção de fazê-lo feliz.
Os olhos do menino se iluminaram.
- E sabe do que mais? - ela continuou. Você já lhe deu o maior presente, tudo o que Ele queria mesmo ganhar, e ainda nem percebeu!
- O quê? Diga! - pedia, agitado de contentamento.
- O seu coração!
Um sorriso de orelha à orelha estampou o rosto do menino, radiando felicidade.
- E tem mais: até presente bônus você deu para Deus hoje! - ela emendou, divertidamente.
- Mais? - o menino indagou, mais agitado de alegria ainda.
- Sim. Você O fez sorrir! E muito!
E numa gargalhada pura os dois se uniram, admirando o céu azul, as árvores do quarteirão, os passarinhos que brincavam com migalhas de pão jogadas ao chão, tudo o que de bonito Deus estava fazendo a cada segundo. Mas de repente o menino ficou pensativo de novo. Uma dúvida surgira em sua mente, deixando-o um pouco inseguro. Virou-se para a moça e decidiu falar com ela sobre o que estava pensando, já que ela havia se mostrado tão gentil ao se importar em ajudá-lo.
- Você acha que Deus gostou dos presentes que dei a Ele? - perguntou.
Ela sorriu, balançando positivamente a cabeça.
- Claro! Você pensou Nele com tanto amor! Isso certamente moveu Seu coração. - E apontando para tudo o que há pouco estavam observando, finalizou: - Ele mesmo já demonstrou!

Share this:

JOIN CONVERSATION

5 comentários:

  1. Irmã em Cristo Jesus, linda mensagem!
    Amada em Cristo tem um selo especial "O Milagre que Jesus fez" pra vc, pegue no meu espaço: Minhas Parcerias.Fique com Deus! Te espero lá!

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    O espaço Jesus Minha Rocha está completando 4 anos de existência e 85.000 visitas e você faz parte dessa história. Vem comemorar comigo e traga seu mimo.

    Te espero por lá.

    Smack!

    Edimar Suely
    jesusminharocha2.zip.net

    ResponderExcluir
  3. Graça e paz!
    “Andando” por aí cheguei até o seu Blog e quero te parabenizar pela bênção que pude ver aqui.
    Já estou te seguindo e aos poucos venho conhecer mais os seus textos.
    Será uma honra te receber no pastoragente.blogspot.com, e se quiser segui-lo vai ser uma alegria pra mim.
    No blog conto da forma mais realista e divertida possível as realidades, dúvidas e experiências de uma simples pastora como eu.
    Fique na paz. Um abraço.

    ResponderExcluir
  4. A paz do eterno seja contigo, quero parabeniza-lo por esse lindo trabalho que vc vem apresentando e divulgando , que Deus continue te iluminando para que a cada dia vc possa expandir o evangelho do Senhor, abraços.

    ResponderExcluir

Faça o seu comentário e ajude-me a conhecer sua opinião.

Volte sempre!