"Lembra-te do teu criador..."

Nos dias da tua mocidade."










Top 10 jovens atores que chegaram ao fundo do poço



Álcool, drogas, fama, problemas... esses parecem ser os combustíveis para a auto-destruição. Os jovens atores citados nesta lista provam isso. Infelizmente, alguns ainda não tiveram um final feliz.


Haley Joel Osment

Osment parece que viu "gente morta", quando capotou seu carro em julho de 2006, sob influência de álcool e posse de maconha. Osment nem de longe lembra o jovem ator, com rostinho angelical, que fez sua estréia em "Forrest Gump" e ficou realmente conhecido em "Sexto Sentido". Na época, depois do mau comportamento, o adolescente pagou uma multa de US$ 1500 e foi obrigado a frequentar reuniões do AA.





Os Coreys

Corey Haim e Corey Feldman conheceram a fama juntos, cresceram juntos e, em seguida, se drogaram juntos. Depois do sucesso em "The Lost Boys", a dupla mergulhou em problemas. Haim era viciado em cocaína e chegou a ser preso e internado em clinicas de reabilitação. Feldman também chegou a ser preso por porte de drogas e após recuperar-se tentou retornar às telas, porém sem muito sucesso. Hoje ele está casado e aguardando a concretização de alguns projetos.





Edward Furlong



Edward Furlong, para quem não lembra, interpretou John Connor em "O Exterminador do Futuro" e tem uma história de vida bem curiosa.
Aos 16 anos o garoto foi viver com sua namorada, agente e tutora Jacqueline Domac (que ele conheceu na época das filmagens de "O Exterminador do Futuro 2"), que é 13 anos mais velha que ele. Em 1999, após seis anos de relacionamento, eles se separaram e Domac o acusou de agressão, além de exigir judicialmente o pagamento de 15% do valor de seus cachês, referentes ao trabalho dela como sua agente, como quebra de contrato.
Eddie também envolveu-se com drogas, e teria sofrido pelo menos duas overdoses, tendo inclusive sido internado em clínicas de desintoxicação. Embora não confirme tais notícias, ele assume que teve problemas com álcool e afirma ter frequentado reuniões do AA. Por esse motivo, ele não foi convidado para interpretar novamente John Connor em "O Exterminador do Futuro 3" (os produtores do filme disseram isso abertamente nas entrevistas de divulgação), sendo substituído pelo ator Nick Stahl.
Eddie atualmente está casado e tem um filho.





Tatum O'Neal




O'Neal foi a mais jovem atriz a ganhar um Óscar e também a primeira namorada do Michael Jackson. Curiosamente, alguns anos depois, Michael declarou em um documentário que teria sido seduzido e quase molestado por Tatum, a quem não se entregou porque a timidez foi mais forte: "Fomos para o quarto e ela mentiu na cama. Quando me deitei ela lentamente se aproximou, saltou sobre mim e começou a desabotoar os botões da minha camisa. Escapei porque cobri sua face com minhas mãos. Eu estava amedrontado, assustado". A garota, entretanto, negou tudo e afirmou que Michael foi até sua casa pedi-la em namoro. Ela tinha apenas 12 anos.
Após uma série de problemas pessoais e uma prisão em julho de 2008, Tatum está frequentando programas de reabilitação, para tentar livrar-se das drogas.




Brad Renfro


Em 15 de janeiro de 2008, o mundo recebeu a notícia que, de alguma maneira, era esperada há anos. Aos 25 anos de idade, Brad foi encontrado morto em seu apartamento em Los Angeles, vítima de uma orverdose de heroína. Renfro contracenou com Susan Sarandon e Tommy Lee Jones em "O Cliente" e foi condenado a 10 dias de prisão, após se declarar culpado de posse de drogas.






Jodie Sweetin


Você lembra de Jodie Sweetin, que interpretou Stephanie Tanner na série "Três é Demais"? A garota enfrentou o vício em metanfetamina (droga que estimula o sistema nervoso) e em 2006 passou seis semanas em um centro de reabilitação, quando enfim livrou-se da droga. Hoje ela dá palestras, tentando motivar outros jovens a lutar contra as drogas.





Mary-Kate Olsen



Parece que "Três é Demais" trouxe uma maldição para as atrizes da série. Mary-Kate Olsen passou por maus momentos. Em 2004, a garota foi integrada em um programa de desintoxicação para livrar-se das drogas e curar-se da anorexia. "Se não tivesse ido, estaria morta", declarou ela ao Entertainment Wise. Recentemente Mary-Kate voltou a fazer parte das páginas dos jornais, sendo associada à morte de Heath Ledger. Alguns afirmam que eles tinham um caso amoroso, outros dizem que ela seria a responsável pelo fornecimento das drogas do ator. Isso justificaria o telefonema que a massagista, contratada por ele, deu para ela antes de falar com o serviço de emergência.





Macaulay Culkin



Macaulay vivenciou uma trajetória que poucos atores infantis de Hollywood conseguiram escapar. Primeiro, a glória – cravou seu nome na história do cinema como o mais bem-sucedido representante dessa categoria de ator em todos os tempos. Depois, o esquecimento – Macaulay sumiu das telas a partir de 1994, enquanto seus pais se engalfinhavam numa batalha por sua fortuna de 17 milhões de dólares. Foi condenado a um ano de cadeia por posse de drogas. Em setembro de 2004, a polícia o flagrou com 10 gramas de maconha e pacotes de Xanax, um remédio para tratar depressão e síndrome do pânico. Além da pena, o ator foi multado em 540 dólares.






Drew Barrymore


Drew, a garotinha que ficou famosa pela sua participação em ET, começou a beber aos 9 anos, aos 11 já usava maconha e aos 12 cocaína. Em 1988 ela foi obrigada a entrar numa clínica de reabilitação, mas logo depois fugiu. Felizmente, após vários problemas, Drew transformou-se num exemplo de reconstrução pessoal, livrando-se das drogas e retomando sua carreira com força total.




River Phoenix



River Phoenix era um dos atores mais promissores de sua geração. Ao fazer o papel de um garoto de programa, ao lado de Keanu Reeves, Phoenix arriscou sua reputação como galã entre as meninas, mas ganhou uma legião de fãs dos filmes alternativos.
River Phoenix estava acompanhado pelo irmão Joaquin e a namorada Samantha Mathis quando tomou um coquetel de drogas e sofreu convulsões do lado de fora da boate.
O atestado de óbito do ator diz que a causa da morte foi intoxicação múltipla por causa de drogas. O corpo de River Phoenix foi cremado e as cinzas espalhadas pelo rancho da família na Flórida.




Extraído: O buteco da net


Share this:

JOIN CONVERSATION

4 comentários:

  1. Parabéns!!sabias palavras ,que vc continue sendo guiado poderosamete por Deus!!
    Seminario Internacional Teologico de São Paulo

    ResponderExcluir
  2. Que doidera né cara... o pior é que esses jovens ai..a maioria eram "referencias" na minha infancia...

    de exito..

    ResponderExcluir
  3. Tatiane

    No mundo das celebridades de cinema, televisão e da música existe um sistema que fabrica ídolos.

    Os jovens buscam a fama; os jornais e revistas promovem a fama deles porque sobrevivem das notícias; os produtores do show business precisam de estrelas (foco de interesse do público para continuar ganhando dinheiro). E na ponta final deste sistema estão os fãs, desconhecedores de como funciona tudo isso...

    Os jovens astros, que quase sempre são muito jovens, às vezes são apenas vítimas deste sistema. Foram atraídos pelo dinheiro e pela possibilidade de realizar o sonho de virar o centro das atenções.

    Mas, os jovens astros, de vítimas também passam a ser algozes. Algumas décadas atrás o testemunho errado deles eram o uso das drogas... Hoje, fica à desejar a falta de escrúpulos e a ganância exacerbada. Para se manter no posto de estrelas e enriquecer muitos se vendem! Alguns até chegaram ao cúmulo de anunciar que eram gays! A declaração são comprada por grupos organizados de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Transexuais e Simpatizantes (GLBTS). Com isso estes jovens se transformam em péssimos exemplos para nossa juventude.

    Abraço.

    Eliseu Antonio Gomes
    http://belverede.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Faça o seu comentário e ajude-me a conhecer sua opinião.

Volte sempre!